Lídice da Mata apoia projeto que tabela preços de livros recém-lançados

Da Redação e Da Rádio Senado | 14/04/2015, 16h02 - ATUALIZADO EM 14/04/2015, 17h45

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) defendeu em Plenário nesta terça-feira (14) o projeto que regula os preços dos livros: após seus respectivos lançamentos, cada livro deverá ser vendido, por um ano, por todos os livreiros, somente pelo preço tabelado.  A medida, para dela, estimularia a leitura no país. O projeto de lei do Senado (PLS) 49/2015, da senadora Fátima Bezerra (PT-RN), institui a Política Nacional do Livro e regulação de preços. Sua análise será precedida de um ciclo de debates sobre o assunto.

Segundo Lídice da Mata, a medida já é adotada na França, em cuja capital ocorreu, em março, mais uma edição do Salão do Livro de Paris, que homenageou o Brasil neste ano.

Lídice da Mata participou do evento, acompanhada de 43 escritores brasileiros, alguns pouco conhecidos no exterior. Por isso, o Salão foi uma oportunidade para divulgar a literatura brasileira no mercado europeu.

— Juntando ficção, não ficção e literatura infanto-juvenil, 24 títulos foram traduzidos do Português em 2014, o dobro do ano anterior, de acordo com o sindicato nacional de editores, entidade que representa as editoras francesas — afirmou a senadora.

A senadora ainda lembrou que em 18 de abril se comemora o Dia Nacional da Literatura Infantil. A data foi escolhida para homenagear Monteiro Lobato, escritor que se dedicou à literatura infantil e que nasceu em 18 de abril de 1882.

Lídice da Mata também lembrou o centenário de Ana Montenegro (1915-2006), que se destacou na luta pela liberdade. Já nos anos de 1940, ela foi ativista do movimento pelos direitos das mulheres.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)