Mobilidade urbana é uma das grandes reivindicações populares, afirma Paim

Da Redação | 30/03/2015, 09h56 - ATUALIZADO EM 30/03/2015, 16h33

Na abertura da audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) que discute questões relativas à mobilidade urbana, o presidente do colegiado, Paulo Paim (PT-RS), lembrou que os problemas relacionados a esta área foram uma das grandes motivações dos protestos que tomaram conta do país em junho de 2013.

— É pelo direito às cidades, à mobilidade que a nossa juventude se mobiliza. Não foi por R$0,20, mas por cidades mais humanizadas.

Ao comparar os dados da violência no trânsito brasileiro, onde o senador lembrou que uma média de 136 pessoas por dia perdem a vida no trânsito brasileiro, Paim foi enfático:

— É quase um avião boeing por dia, cerca de 50 mil mortos por ano, um índice de guerra.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE: