Alvaro Dias espera que Plano Nacional de Educação imponha responsabilidades aos governantes

Da Redação | 05/11/2013, 15h40

O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) declarou nesta terça-feira (5), em Plenário, esperar que o Plano Nacional de Educação (PNE) vá além das "boas intenções" e se torne um Estatuto da Responsabilidade Educacional, impondo - a exemplo da Lei de Responsabilidade Fiscal e da Lei de Responsabilidade do Desporto - normas que sejam respeitadas pelos entes públicos.

- Que este Plano Nacional de Educação seja mais um estatuto da cidadania brasileira - afirmou.

Alvaro Dias mencionou a "emocionante" audiência pública realizada na manhã desta terça-feira na Comissão da Educação, na qual - avaliou - os senadores fortaleceram seu compromisso suprapartidário de valorizar o ensino especial no PNE. Porém, ele alertou que nem sempre a lei aprovada corresponde à lei cumprida.

- Pretendemos nos aproximar do que possa ser considerado ideal em educação e assistimos ao confronto entre o ideal e o possível - observou.

O parlamentar lembrou ainda os 164 anos de nascimento de Ruy Barbosa, comemorados nesta terça, e salientou a atualidade da visão do patrono do Senado sobre a educação.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE: