Para Lasier, decisão do STF por voto secreto contraria a Constituição

10/01/2019, 14h49 - ATUALIZADO EM 10/01/2019, 16h06

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, derrubou liminar concedida no final do ano passado pelo ministro Marco Aurélio, para que a eleição para escolha do presidente do Senado e dos demais membros da Mesa Diretora fosse aberta e não secreta, conforme prevê o Regimento Interno da Casa. O senador Lasier Martins (PSD-RS) recebeu a notícia com pesar. Para o parlamentar, o presidente do STF não respeitou a Constituição ao permitir a votação secreta. A reportagem é de Larissa Bortoni, da Rádio Senado.



Opções: Download