Revalida e criação do exame nacional de medicina dividem opinião de entidades

20/11/2018, 15h55 - ATUALIZADO EM 20/11/2018, 18h16

Uma proposta do senador Pedro Chaves (PRB-MS) estabelece que os médicos recém-formados devem fazer um exame nacional de proficiência antes de exercer a profissão e se inscrever no Conselho Regional de Medicina. O relatório do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) também obriga os profissionais formados no exterior a fazer o exame de revalidação do diploma para atuar no país. No entanto, o projeto (PLS 165/2017) não é consenso e dividiu a opinião de parlamentares e representantes de entidades médicas, alunos e professores em audiência pública na Comissão de Educação (CE). Mais informações com George Cardim, da Rádio Senado.



Opções: Download