Comissão de Educação aprova inclusão do nome de Antônio Conselheiro no Livro dos Heróis da Pátria

30/10/2018, 16h02 - ATUALIZADO EM 30/10/2018, 16h09

Aprovada pela Comissão de Educação, Cultura e Esportes (CE), a proposta (PLC 185/2017) homenageia o principal personagem da história da Guerra de Canudos e inclui o nome de Antônio Conselheiro (1830-1897) no livro de heróis e heroínas da Pátria. A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) destacou a trajetória do líder religioso e político que nasceu no Ceará, em 13 de março de 1830 e morreu dias antes do fim da Guerra de Canudos, em 22 de setembro de 1897, na Bahia. Ela relembrou a saga de Antônio Conselheiro, que com popularidade e carisma, arrebatou multidões no sertão nordestino, fundou o povoado de Belo Monte e, junto com seus seguidores, resistiu a sucessivos ataques do Exército Brasileiro.

A reportagem é de George Cardim, da Rádio Senado.



Opções: Download