Criminosos que fazem tocaia para atacar podem ter pena mais rigorosa

22/03/2018, 16h56 - ATUALIZADO EM 22/03/2018, 17h32

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH) vai analisar a proposta do senador Raimundo Lira (PMDB – PB) que prevê o aumento de penas para criminosos que fazem tocaias (PLS 469/2015). A punição mais rigorosa, segundo o texto, deve ser aplicada se a emboscada for perto da residência da vítima ou nas imediações de escolas. O projeto estava pronto para ser votado no Plenário do Senado, mas foi aprovado o pedido para mais discussões na CDH. Ouça o áudio da Rádio Senado.



Opções: Download