CE aprova proposta que assegura aos alunos o direito de faltar a aulas por motivos religiosos

20/03/2018, 14h57 - ATUALIZADO EM 20/03/2018, 15h01

Segue para a Câmara dos Deputados a proposta (PLC 130/2009) aprovada em turno suplementar pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) que assegura aos alunos o direito de faltar a aulas e a provas por motivos religiosos e de consciência. A frequência deverá ser atestada, as atividades podem ser compensadas pela reposição de aulas e as provas devem ser feitas em segunda chamada. Segundo líderes religiosos, cerca de dois milhões de brasileiros guardam o sábado, e por razões de fé não podem estudar ou trabalhar até o pôr do sol. O relator, senador Pedro Chaves (PRB-MS), argumenta que o direito está previsto na Constituição e justificou que ninguém pode ser prejudicado por conta de suas crenças e convicções. Informações com o repórter George Cardim, da Rádio Senado. Ouça o áudio.



Opções: Download