Para Cássio Cunha Lima, Senado pode desempenhar papel central na segurança

05/02/2018, 16h45 - ATUALIZADO EM 05/02/2018, 20h04

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB–PB) propõe que o Senado prossiga na votação de matérias que priorizem a segurança pública.  O senador afirmou que os presídios brasileiros se transformaram em verdadeiros centros controladores do crime organizado e se faz necessária a criação de polícias especializadas para combater as organizações criminosas instaladas nos presídios (PEC 14/2016). Sobre a reforma da Previdência (PEC 287/2016) o senador acredita que não será aprovada este ano. Segundo o senador, o governo transformou a votação da reforma em um balcão de negócios e essa prática afasta parlamentares que não concordam com esse tipo de negociação. Cássio Cunha Lima conversou sobre esses assuntos com a repórter Paula Groba, da Rádio Senado. Ouça o áudio com a entrevista.



Opções: Download


Senado Agora
12h54 Liberdade de imprensa: Além de Glenn Greenwald, o Conselho de Comunicação Social aprovou convites a Claudio Dantas (O Antagonista), Daniel Bramatti (Abraji), Paulo Tonet (Rede Globo), Maria José Braga (Fenaj) e Carlos Ayres Brito, ex-ministro do STF.
12h30 Ética no currículo escolar: O Conselho de Comunicação Social aprovou parecer sobre o PL 559/2019, que inclui no currículo escolar o tema ética das redes sociais.
12h29 Convite a Glenn Greenwald: O Conselho de Comunicação Social (CCS) acaba de aprovar convite ao jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept, que tem publicado conversas entre Sergio Moro e Deltan Dallagnol. A audiência será em 1º de julho.
Ver todas ›