CAE pode concluir votação de proposta que veda empréstimos a empresas que devem ao FGTS

02/02/2018, 11h51 - ATUALIZADO EM 02/02/2018, 12h29

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) pode concluir na terça-feira (6) a votação da proposta (PLS 184/2011) que impede qualquer instituição financeira, pública ou privada, de conceder financiamentos a empresas que possuem débito com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A legislação já proíbe as instituições oficiais de crédito de financiarem essas empresas devedoras. O objetivo do projeto do senador José Pimentel (PT-CE) é estender essa regra aos bancos privados. A proposta foi aprovada na forma de substitutivo na última reunião da comissão em 2017. Falta agora a análise em turno suplementar. Se confirmada a aprovação, o texto poderá seguir para análise da Câmara dos Deputados. A reportagem é de Bruno Lourenço, da Rádio Senado.



Opções: Download