Cortes no orçamento da educação marcaram debates promovidos pela CE em 2017

26/12/2017, 09h19 - ATUALIZADO EM 29/12/2017, 16h56

A suspensão do programa Ciência sem Fronteiras e as dificuldades financeiras dos institutos federais foram alguns dos temas debatidos pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado em 2017 (CE). Senadores criticaram os cortes no orçamento da educação e representantes dos servidores denunciaram perseguição política. Em audiência com o ministro da Educação, Mendonça Filho, o senador Humberto Costa (PT-PE) criticou duramente a decisão do MEC de suspender o programa Ciência sem Fronteiras. Para ele, a medida resultou em prejuízo para os estudantes mais pobres. Ele afirmou que o programa era considerado estratégico, “porque 26% dos bolsistas eram de origem negra ou parda e 25% eram de famílias com renda de até três salários mínimos”. A reportagem é de Marcela Diniz, da Rádio Senado.



Opções: Download