Senado aprova destinação à saúde de impostos sobre cigarros e medicamentos

22/11/2017, 06h57 - ATUALIZADO EM 22/11/2017, 07h42

O Senado aprovou na terça-feira (21) mais recursos para a saúde pública. A medida consta do PLS 147/2015, do senador Otto Alencar (PSD-BA), determinando que os impostos arrecadados sobre a produção de medicamentos e cigarros sejam destinados ao Fundo Nacional de Saúde. Para o autor da proposta, nada mais justo do que parte dos recursos provenientes da produção de derivados de tabaco e medicamentos ser usada na cobertura dos serviços de saúde. O relator, senador Waldemir Moka (PMDB-MS), sustenta que as doenças causadas pelo tabagismo provocam grandes despesas no atendimento dos doentes e que esse custo deve ser ressarcido. A reportagem é de Marcella Cunha da Rádio Senado.



Opções: Download