Brasil ainda tem muitos desafios na área ambiental, apontam senadores que participam da COP 23

13/11/2017, 17h11 - ATUALIZADO EM 14/11/2017, 09h24

Senadores que participam da Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas da ONU (COP 23), em Bonn, na Alemanha, afirmam que, apesar da redução do desmatamento no Brasil, o país ainda tem muitos desafios pela frente. O presidente da comissão de Mudanças Climáticas, Jorge Viana (PT-AC), destacou a interrupção de um ciclo de desmatamento no país mas criticou a redução no orçamento para este fim. A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) também apontou a necessidade de recompor o orçamento do Brasil na área de preservação ambiental. E Lídice da Mata (PSB-BA) defendeu esforços para conscientizar o cidadão e estimular os investimentos no setor ambiental, sobretudo na área de recursos hídricos. Acompanhe as informações da enviada especial da Rádio Senado a Bonn, Paula Groba.



Opções: Download


Senado Agora
20h09 Crédito orçamentário: Congresso aprovou Projeto de Lei do Congresso 33/2017, que abre crédito no valor de R$ 6,3 bilhões em favor da Presidência da República e diversos ministérios.
19h26 Créditos orçamentários: Congresso aprova Projeto de Lei do Congresso 13/2017, que facilita o pagamento de emendas parlamentares e impede o contigenciamento do fundo partidário.
19h04 Congresso Nacional: Começou há pouco a sessão do Congresso Nacional para apreciar vetos presidenciais e projetos de lei.
Ver todas ›