Senado aprova instituição do Dezembro Vermelho para alertar sobre riscos da Aids

18/10/2017, 20h42 - ATUALIZADO EM 18/10/2017, 21h11

O Plenário do Senado aprovou, nesta quarta-feira (18), o PLC 60/2017, da deputada Erika Kokay (PT-DF), que institui a campanha nacional de prevenção ao HIV/Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis, denominada Dezembro Vermelho. O objetivo é alertar a população de que essas doenças, principalmente a Aids, estão contaminando mais pessoas no Brasil. Durante a votação, a relatora do projeto, senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), esclareceu que os avanços do passado criaram, erroneamente, a mentalidade de que a doença está sob controle. E o resultado é o aumento alarmente do número de casos no país, principalmente entre jovens e idosos. A reportagem é de Paula Groba, da Rádio Senado.



Opções: Download