Plenário vai votar garantia de tratamento pelo SUS de doenças neuromusculares

23/08/2017, 14h00 - ATUALIZADO EM 23/08/2017, 18h17

Segue para votação no Plenário do Senado proposta que assegura tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) aos pacientes com paralisia motora causada por doenças neuromusculares. Pessoas com distrofia muscular e esclerose lateral amiotrófica, por exemplo, devem receber medicamentos e equipamentos gratuitamente. O PLC 42/2017, da deputada Mara Gabrili (PSDB-SP), foi aprovado nesta quarta-feira (23) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). O relator da matéria, senador Romário (Pode-RJ), sugeriu uma mudança para que o SUS também ofereça exames laboratoriais para definir o diagnóstico e a causa dessas doenças. A reportagem é de George Cardim, da Rádio Senado.



Opções: Download