CAE aprova projeto que destina para o INPI dinheiro arrecadado com registro de patentes

04/07/2017, 18h51 - ATUALIZADO EM 04/07/2017, 19h28

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou nesta terça-feira (4) o projeto que determina que o dinheiro arrecadado com o registro de marcas e patentes seja investido no próprio Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). O PLS 62/2017 foi apresentado pelo senador José Agripino (DEM-RN). Segundo ele, os recursos vão servir para agilizar e modernizar o funcionamento do INPI, que tem mais de 240 mil pedidos de patente na fila. A proposta deve agora ser encaminhada para a Câmara dos Deputados, como informa o repórter da Rádio Senado George Cardim.



Opções: Download