Comissão do Extrateto propõe 12 medidas para limitar remuneração dos servidores públicos

08/12/2016, 07h05 - ATUALIZADO EM 08/12/2016, 09h05

A Comissão Especial destinada a regulamentar o limite de remuneração dos servidores públicos aprovou, na quarta-feira (7), o relatório da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Foram definidos 3 projetos de lei. Um considera o pagamento acima do teto como improbidade administrativa. Outro determina a divulgação das remunerações dos agentes públicos e o terceiro detalha o que pode ser pago acima do teto de remuneração no serviço público que é de R$ 33.700,00. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download