Paim pede julgamento rápido para líder do MST preso com base na Lei Antiterrorismo

16/08/2016, 12h42 - ATUALIZADO EM 14/09/2016, 09h44

O senador Paulo Paim (PT-RS) foi à tribuna do Senado na segunda-feira (15) para pedir que o líder do Movimento Sem Terra José Valdir Misnerovicz, preso em maio com base na Lei Antiterrorismo (Lei 13.260/2016), seja julgado logo. Segundo Paim, a prisão de José Valdir mostra que ele e outros parlamentares estavam certos ao manifestarem o temor de que a legislação antiterrorismo criminalizaria os movimentos sociais. Detalhes na reportagem de Ana Beatriz Santos, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
18h15 Jordânia: O diplomata Ruy Pacheco de Azevedo Amaral teve a nomeação como embaixador do Brasil no Reino Haxemita da Jordânia aprovada com 54 votos favoráveis, 2 contrários e 1 abstenção.
18h08 Comunidade de Língua Portuguesa: Senado aprova com 56 votos favoráveis, 2 contrários e três abstenções, a indicação do diplomata Pedro Fernando Brêtas Bastos para Representante Permanente do Brasil junto à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).
18h00 TST: O Senado aprovou a indicação do juiz Evandro Pereira Valadão Lopes para ministro do Tribunal Superior do Trabalho, com 70 votos favoráveis e 1 abstenção.
Ver todas ›