Delcídio do Amaral foi o primeiro senador a ser preso no exercício do mandato

10/05/2016, 21h22 - ATUALIZADO EM 14/09/2016, 10h27

Delcídio do Amaral Gomez foi preso no dia 25 de novembro pela Polícia Federal sob a acusação de tentar dificultar as investigações da Operação Lava Jato. A prisão do então líder do Governo, filiado ao PT de Mato Grosso do Sul, foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavaski. No mesmo dia, em uma votação aberta, os senadores decidiram, por 59 votos a 13 e uma abstenção, por manter a prisão. Depois de 80 dias detido, ele voltou ao Senado e agora foi cassado por 74 votos no Plenário. A repórter Marcella Cunha, da Rádio Senado, preparou um histórico do caso. Ouça o áudio para saber mais.



Opções: Download