Comissão vai analisar propostas que proíbem realização de trotes estudantis violentos

09/05/2016, 18h35 - ATUALIZADO EM 20/09/2016, 15h21

Os rituais violentos presentes nos trotes universitários podem estar com os dias contados. Isto é o que determinam três propostas (PLS 117/2015PLS 118/2015 e PLS 181/2015) em análise na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). Os projetos, que estão sob relatoria do senador Dário Berger (PMDB-SC), estabelecem penas mais duras para os aplicadores de trotes. O repórter Hebert Madeira, da Rádio Senado, preparou uma reportagem sobre o tema. Acompanhe o áudio.



Opções: Download