Inclusão do nome de Tobias Barreto no Livro dos Heróis da Pátria vai à Câmara

14/03/2016, 14h20 - ATUALIZADO EM 27/09/2016, 10h11

O Senado aprovou a inclusão de Tobias Barreto no Livro dos Heróis da Pátria. O poeta e jurista influenciou a literatura com ideias abolicionistas e igualitárias. Ele foi membro da Academia Brasileira de Letras e fundador do condoreirismo, parte da terceira fase do romantismo no Brasil, marcada pela temática social e pela defesa de ideias igualitárias, em especial associadas ao movimento abolicionista e à causa republicana. Segundo o relator do projeto (PLS 523/2015), senador Ricardo Franco (DEM–SE), Tobias Barreto influenciou várias personalidades da época, incluindo Castro Alves. A proposta, do senador Eduardo Amorim (PSC-SE), foi aprovada em caráter terminativo pela Comissão de Educação (CE). Como não houve recurso para votação em Plenário, o texto segue para análise da Câmara dos Deputados. Reportagem de Roberto Fragoso, da Rádio Senado.



Opções: Download