Senado disponibiliza página para ajudar eleitor a combater desinformação

As eleições para a escolha de presidente da República, governadores, senadores e deputados estaduais e federais estão se aproximando e aumenta a circulação de informações falsas ou manipuladas para influenciar a decisão dos eleitores. Por isso é preciso prestar mais atenção nas mensagens compartilhadas em grupos de aplicativos de mensagens e nas redes sociais.

Parceiro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no Programa de Enfrentamento à Desinformação no âmbito da Justiça Eleitoral, o Senado Federal disponibiliza informações úteis para o cidadão participar do combate a essa prática.

A nova seção “Eleições 2022” está disponível no site do serviço Senado Verifica: Fato ou Fake?. Oferece informações sobre o protocolo de intenções assinado entre o Senado e o TSE, explica o que é desinformação e orienta sobre como denunciar mensagens que tenham conteúdo suspeito sobre a Justiça Eleitoral.

Enfrentamento

O Programa de Enfrentamento à Desinformação no âmbito da Justiça Eleitoral foi instituído pelo TSE e tem caráter permanente. O objetivo é reduzir os efeitos nocivos da desinformação relacionada à Justiça Eleitoral e aos seus integrantes, ao sistema eletrônico de votação, ao processo eleitoral em suas diferentes fases e aos atores nele envolvidos.

Conta com a contribuição de instituições parceiras, entre elas o Senado Federal, que executam ações e medidas concretas para minimizar os impactos dessa prática no processo eleitoral.

Para Érica Ceolin, diretora da Secretaria de Comunicação Social, que coordena o grupo responsável pela execução do protocolo de intenções, a publicação da página é mais uma contribuição do Senado para a melhoria do ambiente das eleições.

— Quanto mais meios de combate à desinformação tivermos, aumenta a chance do cidadão e da cidadã exercer um voto consciente e eleger um candidato ou candidata que vai fazer a diferença na realidade do país do jeito que ele ou ela espera — afirmou

Senado Verifica

Desde 2019, o Senado realiza ações de combate à desinformação, dentre as quais destacam-se as campanhas de orientação ao cidadão e a publicação de conteúdos jornalísticos e institucionais sobre o tema nas redes sociais, na Rádio Senado, na TV Senado, e no portal Senado Notícias. Também mantém o serviço de checagem Senado Verifica: Fato ou Fake?.

O cidadão pode solicitar uma checagem de informações sobre o Senado Federal. Basta enviar publicações suspeitas sobre o Senado, feitas em redes sociais ou grupos de aplicativos de mensagens (WhatsApp, Telegram etc.), para senadoverifica@senado.leg.br ou usar o formulário na página da Ouvidoria. Essas informações serão checadas e a solicitação respondida para o interessado. Os pedidos referentes às eleições são direcionados para o serviço do TSE.

O site do Senado Verifica publica checagens pedidas pelos cidadãos. Confira aqui.

Pesquisa Rápida
Matérias Legislativas

Pesquisa em todas informações que aparecem na página da matéria, como ementa, apelido, tramitação, descrição dos arquivos anexados, etc.


Exemplos de busca: PLS 50/1990, crimes hediondos, "rol dos crimes hediondos"

Assine a newsletter da Agência Senado
As principais notícias do Senado em boletins diários e semanais.
Banner Combate à Covid