Lindbergh afirma que Lula irá provar sua inocência ao juiz Sérgio Moro

Da Redação | 12/09/2017, 21h11 - ATUALIZADO EM 12/09/2017, 22h28

Em pronunciamento, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) desejou força para o ex- Luiz Inácio Lula da Silva, que irá prestar um segundo depoimento, nesta quarta-feira (13), ao juiz federal Sérgio Moro. O senador criticou a "seletividade" da Justiça brasileira e afirmou que o motivo de tanta perseguição com o ex-presidente é porque ele tem muita força com o povo brasileiro.

Lindbergh Farias afirmou que todos aqueles que foram arquitetos do golpe contra o PT já estão desmoralizados e destacou que, mais uma vez, Lula irá mostrar sua inocência e coerência ao juiz Sérgio Moro e ao Brasil. Segundo ele, defender Lula significa defender o povo pobre e trabalhador, já que antes dele assumir a Presidência da República morria uma criança a cada cinco minutos no país por fome e desnutrição.

— O senhor é vítima, presidente Lula. O senhor é vítima de uma perseguição infame. O senhor já está absolvido pelo povo e pela história. Esse golpe é porque tem uma elite que não aceita que porteiro, empregada doméstica e trabalhador frequente aeroportos — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)