Randolfe diz que crise política impede votação da PEC do fim do foro privilegiado

19/05/2017, 18h14 - ATUALIZADO EM 22/05/2017, 16h26

O relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 10/2013, que acaba com foro privilegiado, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse que a crise política envolvendo o presidente Michel Temer impossibilitará a votação em segundo turno da PEC, prevista para a próxima semana. Em entrevista ao programa Senado em Revista, Randolfe Rodrigues disse que o país “ficará sangrando” sem votações até a saída do presidente da República do cargo. Ele foi entrevistado pela repórter Hérica Christian, da Rádio Senado.



Opções: Download