Procuradoria da Mulher do Senado completa três anos e comemora luta pela igualdade de gênero

14/03/2016, 18h00 - ATUALIZADO EM 14/09/2016, 11h17

Há três anos, a Procuradoria da Mulher no Senado vem trabalhando de forma efetiva na luta por uma sociedade igualitária entre homens e mulheres. Para este ano, a meta principal é criar o Observatório da Mulher, que terá a função de reunir e sistematizar as estatísticas oficiais sobre a violência contra a mulher dentro da estrutura do instituto de pesquisa do Senado, o DataSenado. Ouça mais informações com a repórter da Rádio Senado Cinthia Bispo.



Opções: Download


Senado Agora
11h57 Talidomida: Os portadores da Síndrome de Talidomida poderão ter sua pensão especial reajustada de R$ 359 para R$ 1.000. O aumento foi aprovado pela CDH. A doença provoca deficiências físicas, visuais e auditivas. A proposta vai à Câmara.
11h29 Doenças Raras: A Comissão de Direitos Humanos (CDH) aprovou o PLC 56/2016, que cria a Política Nacional para Doenças Raras no SUS. O relator foi o senador Romário (PSB-RJ). O texto segue para a Comissão de Assuntos Sociais (CAS).
11h11 Fogos de artifício: A CCJ aprovou o Projeto de Lei do Senado 497/2013, que regulamenta a fabricação, o comércio e o uso de fogos de artifício. A proposta poderá seguir para a Câmara se não houver recurso para votação em Plenário.
Ver todas ›