CMA aprova projeto que permite produção e comercialização de emagrecedores

16/02/2016, 13h52 - ATUALIZADO EM 26/09/2016, 11h32

A Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado (CMA) aprovou nesta terça-feira (16) o PLC nº 61/2015 que permite a produção, comercialização e o consumo de remédios para emagrecer, como a sibutramina,  a anfepramona e o femproporex. Em 2011, a Anvisa publicou uma resolução proibindo o uso desses medicamentos. Em 2014 o Congresso aprovou um Projeto de Decreto Legislativo invalidando a norma, mas isto não impede a Anvisa de proibir a prescrição. Para o relator da proposta, senador Otto Alencar (PSD-BA), que também é médico, a proibição desses medicamentos pela Anvisa cerceava o direito dos médicos na prescrição de medicamentos. Confira na reportagem de Paula Groba, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
12h12 Fim do foro privilegiado: Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pede à Mesa a adoção do calendário especial de análise para a PEC 10/2013, já aprovado na CCJ, e que acaba com o chamado "foro privilegiado".
12h08 Alexandre de Moraes: O Plenário aprovou por 55 votos a favor e 13 contrários, sem abstenções, a indicação de Alexandre de Moraes para ministro do STF.
11h58 Mudança nas indicações: o colegiado previsto na PEC 35/2015 será formado pelos presidentes do STF, STJ, TST, STM e TCU, mais o procurador-geral da República e o presidente do Conselho Federal da OAB.
Ver todas ›