Eleições

Senadores falam sobre combate à divulgação de notícias falsas no período eleitoral

02:09Senadores falam sobre combate à divulgação de notícias falsas no período eleitoral

Transcrição LOC: COM A PROXIMIDADE DO PERÍODO ELEITORAL, O COMBATE ÀS NOTÍCIAS FALSAS GANHA CADA VEZ MAIS ESPAÇO NOS DEBATES. LOC: O NOVO PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL DISSE QUE QUER ACABAR COM A DIVULGAÇÃO DESSE TIPO DE INFORMAÇÃO. REPÓRTER MARCIANA ALVES. TÉC: Um estudo feito pela Universidade de São Paulo mostra que doze milhões de perfis em redes sociais compartilham notícias falsas sobre política no Brasil. Esse tipo de conteúdo preocupa pela rapidez com que se espalha e pelo potencial de influenciar a opinião pública. Além disso, o tema levanta debates, principalmente, pela aproximação do período eleitoral. Empossado recentemente na presidência do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luiz Fux quer uma gestão que priorize o combate à disseminação das chamadas Fake news e com rigor na aplicação da Lei da Ficha Limpa. O senador Romário, do Podemos do Rio de Janeiro, lembrou que a divulgação de informação falsa é comum no período eleitoral e elogiou o posicionamento do novo presidente do TSE. (Romário) Parabenizá-lo pelas palavras fortes, objetivas e duras, que foram: A Justiça Eleitoral será implacável e irredutível na aplicação da Ficha Limpa e no combate ao chamado fake news, essas notícias falsas que ocorrem em todas as eleições”. (REP) Para o senador Cristovam Buarque, do PPS do Distrito Federal, o anonimato favorece a disseminação de conteúdo falso. Ele acredita que a campanha eleitoral de 2018 será marcada por um período de incertezas, e, que comportamentos como o de divulgar boatos devem continuar independente dos mecanismos de controle. (Cristovam Buarque) Essa campanha vai ser muito complicada, porque ela vai ser feita com base em seitas religiosas, não em partidos políticos. Com realidades alternativas em que as pessoas não querem debater, e, além disso, com a internet permitindo distribuir notícias falsas contra os candidatos. (REP) Antes de compartilhar uma informação na internet é importante ter certeza de que a notícia é real. Desconfie do endereço do site, e fique atento, pois, em geral, o texto jornalístico segue um padrão de escrita. Se o conteúdo é verdadeiro, provavelmente outros portais de notícia também publicarão algo sobre o assunto. Vale a pena conferir. Da Rádio Senado, Marciana Alves.

Com a proximidade do período eleitoral, o combate às notícias falsas ganha cada vez mais espaço nos debates. O novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luiz Fux, disse que quer acabar com a divulgação desse tipo de informação. O senador Romário (Pode-RJ) parabenizou Fux “pelas palavras fortes, objetivas e duras, que foram: A Justiça Eleitoral será implacável e irredutível na aplicação da ficha limpa e no combate ao chamado fake News”, declarou. Já o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) não acredita ser possível coibir a divulgação de notícias falsas. “Comportamentos como o de divulgar boatos devem continuar independente dos mecanismos de controle”.

TÓPICOS:
Campanha Eleitoral  Internet  Justiça  Justiça Eleitoral  Lei da Ficha Limpa  Luiz Fux  Partidos  Podemos  Política  Redes Sociais  Senador Cristovam Buarque  Senador Romário  Tribunal Superior Eleitoral  TSE 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211
Ao vivo