Audiência pública

Comissões debatem criação de novas unidades de conservação para o município de Bonito-MS

01:53Comissões debatem criação de novas unidades de conservação para o município de Bonito-MS

Transcrição LOC: COMISSÕES DEBATEM AS SOLUÇÕES E O IMPACTO AMBIENTAL CAUSADO POR PLANTAÇÕES, CONSTRUÇÕES IRREGULARES E ESTRADAS FEITAS EM ÁREAS DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL EM BONITO, EM MATO GROSSO DO SUL. LOC: O MUNICÍPIO POSSUI MAIS DE 5 MIL ESPÉCIES DIFERENTES DE PLANTAS E PEIXES. E ATUALMENTE É CONSIDERADO UM POLO DO ECOTURISMO MUNDIAL. REPORTAGEM DE JOSÉ ODEVEZA. (Repórter) Na audiência conjunta nas Comissões de Meio Ambiente, Agricultura e de Desenvolvimento Regional, foi discutida a criação de novas unidades de conservação para o município de Bonito, em Mato Grosso do Sul. Segundo o secretário de Turismo da cidade, Augusto Mariano, dos 493 mil hectares de áreas ambientais, 222 mil hectares já tiveram suas características naturais modificadas. O representante do Ministério do Meio Ambiente, Marcos de Castro, defendeu cautela na criação de uma nova área de preservação, já que o município vive do turismo e de atividades agrícolas. (Marcos de Castro) É algo que precisa ser extremamente bem estudado para que a unidade de conservação seja de uma categoria que permita a continuidade da vida das pessoal ali. E que permita a aplicação da finalidade da criação da unidade de conservação. (Repórter) A presidente da Comissão de Agricultura, senadora Soraya Thronicke, do PSL de Mato Groso de Sul, destacou que é necessária a harmonia entre a preservação ambiental e o agronegócio. Ela ponderou que hoje o produtor acaba sendo demonizado. (Soraya Thronicke) Nós queremos alinhar, sempre, o agronegócio com a sustentabilidade. Agro e meio ambiente são uma coisa só, não são separados. Ninguém mais quer mais preservar o meio ambiente do que o produtor rural porque é daquilo que ele vive, é aquilo que ele ama. (Repórter) O presidente da Comissão de Meio Ambiente, senador Fabiano Contarato do Rede Sustentabilidade do Espirito Santo, ponderou que medidas recentes do governo Bolsonaro sinalizam um perigo ao meio ambiente (Fabiano Contarato) Não é no sentido de demonizar ninguém, mas nós temos que estar alerta. Porque o Brasil passal por um momento no âmbito ambiental extremamente delicado. Nós não podemos admitir que em 27 anos de criação do Ministério do Meio Ambiente ele tá sendo descontruído na prática. (Repórter) Fabiano Contarato sugeriu a criação da campanha “Junho Verde” em defesa do meio ambiente.

A principal cidade turística de Mato Grosso do Sul, Bonito, foi tema de uma audiência conjunta entre a Comissões de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), Agricultura e Reforma Agrária (CRA) e Meio Ambiente (CMA). O representante do governo federal defendeu a aplicação de regras já estabelecidas para a preservação do meio ambiente por ser contrário à criação de novas unidades de preservação para o município.

TÓPICOS:
Agricultura  Agronegócio  Bolsonaro  Comissão de Meio Ambiente  Comissões  Desenvolvimento  Desenvolvimento Regional  Mato Grosso  Mato Grosso do Sul  Meio Ambiente  Podemos  PSL  Rede  Rede Sustentabilidade  Regional  Senador Fabiano Contarato  Senadora Soraya Thronicke  Sustentabilidade  Turismo  CDR  CMA  CRA  Reforma Agrária 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo