Telmário pede ajuda à Venezuela para Roraima e cobra providências do Ministério da Saúde — Rádio Senado
Pandemia

Telmário pede ajuda à Venezuela para Roraima e cobra providências do Ministério da Saúde

O senador Telmário Mota (PROS-RR) enviou ofício ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e ao governador de Roraima, Antonio Denarium, pedindo providências urgentes para evitar o colapso da saúde no estado. Ele também enviou ofício ao ministro de Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, solicitando o fornecimento de oxigênio, assim como foi feito para Manaus. Com o aumento significativo de casos de covid-19 e o único hospital do estado que trata casos graves da doença com a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) totalmente ocupada, o senador teme um colapso na saúde de Roraima. A reportagem é de Iara Farias Borges, da Rádio Senado.

 

26/01/2021, 16h52 - ATUALIZADO EM 26/01/2021, 19h01
Duração de áudio: 01:46
Foto: Força Aérea Brasileira

Transcrição
LOC: O SENADOR TELMÁRIO MOTA, DO PROS DE RORAIMA, PEDIU PROVIDÊNCIAS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE, DO GOVERNO DE RORAIMA E AJUDA À VENEZUELA. LOC: ELE TEME UM COLAPSO NA SAÚDE DE RORAIMA COMO ACONTECEU EM MANAUS. REPORTAGEM DE IARA FARIAS BORGES TÉC: A iniciativa foi em razão do aumento significativo de casos de covid-19 em Roraima. Preocupado com a situação, o senador Telmário Mota, do Pros daquele estado, enviou ofício ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e ao governador, Antonio Denarium, pedindo providências urgentes para evitar o colapso da saúde em Roraima. O senador também enviou ofício ao ministro de Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, pedindo oxigênio, assim como foi feito para Manaus. Telmário explica nos ofícios que o Hospital Geral de Roraima é o único do estado que trata casos graves de covid-19 e já está com todos os leitos de UTI ocupados. Além disso, o estoque de oxigênio está muito reduzido. Para o senador, as providências devem ser tomadas com urgência. (Telmário Mota): “Não podemos esperar que aconteça em Roraima o mesmo que ocorreu no Amazonas – pacientes morrendo por falta de oxigênio. Isso é uma ingerência tremenda e falta de compromisso com a vida. O que falta para agirmos em Roraima? Os sinais são claros e evidentes. As autoridades precisam tomar providências”. (Rep): Pelas redes sociais, o senador cobrou da prefeitura de Boa Vista a abertura de todas as Unidades Básicas de Saúde para atender os casos de infecção pelo novo coronavírus. Hoje, apenas oito dos 34 postos de saúde da capital atendem casos de Covid. Cobrou ainda a reabertura do hospital de Campanha, bem como reforço médico e o fornecimento de medicamentos e exames diagnósticos. Da Rádio Senado, Iara Farias Borges.

Ao vivo
00:0000:00