Carnaval do Rio de Janeiro ocorrerá apenas em 2022 — Rádio Senado
Coronavírus

Carnaval do Rio de Janeiro ocorrerá apenas em 2022

O Rio de Janeiro não vai ter Carnaval em 2021. Pelo calendário normal, a folia estava prevista para acontecer de 13 a 16 de fevereiro. Mas, por causa da pandemia de coronavírus, os desfiles na Marquês de Sapucaí e os blocos autorizados haviam sido inicialmente adiados para julho. Agora a Prefeitura decidiu cancelar a festa de forma definitiva neste ano. O senador Carlos Portinho (PL-RJ) apoiou a medida e afirmou que o momento é de se preocupar com a saúde. O repórter Pedro Pincer, da Rádio Senado, tem os detalhes.

21/01/2021, 18h07 - ATUALIZADO EM 21/01/2021, 18h07
Duração de áudio: 01:53
Foto: Hudson Pontes / Prefeitura do Rio

Transcrição
LOC: CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO QUE PODERIA ACONTECER EM JULHO FICARÁ PARA 2022. LOC: PREFEITO EDUARDO PAES AFIRMOU QUE NÃO HÁ CONDIÇÕES DE REALIZAR A FESTA EM PLENA PANDEMIA. O REPÓRTER PEDRO PINCER TEM OS DETALHES: (Repórter) O Rio de Janeiro não vai ter Carnaval em 2021. Pelo calendário normal, a folia estava prevista para acontecer de 13 a 16 de fevereiro. Mas, por causa da pandemia de coronavírus, os desfiles na Marquês de Sapucaí e os blocos autorizados haviam sido inicialmente adiados para julho. O prefeito Eduardo Paes, do Democratas, que anunciou o cancelamento definitivo do carnaval deste ano pelas redes sociais, destacou a importância econômica da festa para a cidade, mas ressaltou que a celebração exige uma grande preparação por parte dos órgãos públicos e das agremiações e instituições ligadas ao samba, o que é impossível de se fazer nesse momento. Ele determinou que a Riotur e a secretaria municipal de cultura preparem editais para que os trabalhadores envolvidos na festa tenham alguma forma de sustento. O senador Carlos Portinho, do PL do Rio de Janeiro, apoiou a decisão: (Carlos Portinho) Há uma ansiedade natural de todo o setor cultural, de entretenimento no Rio, mas o momento exige responsabilidade e a decisão do prefeito Eduardo Paes mostra essa cautela e a priorização com a questão de saúde, até em respeito a todos os cariocas e todos os brasileiros. Todos nós temos certamente um familiar, alguém querido, perdemos. (Repórter) O senador afirmou que o setor cultural é vital para a cidade e precisa ser olhado com carinho: (Carlos Portinho) É preciso pensar como fomentar esse setor e permitir que ele sobreviva a esse momento de pandemia, isso eu acho que é a ordem do dia, o Carnaval poderia ser uma ação, mas o momento é de responsabilidade. (Repórter) Segundo o prefeito, com todos vacinados, o carnaval deve voltar a acontecer em 2022.

Ao vivo
00:0000:00