Economia melhora, mas quadro fiscal ainda inspira cuidados, diz Confúcio — Rádio Senado
Economia

Economia melhora, mas quadro fiscal ainda inspira cuidados, diz Confúcio

Institutos, bancos e o governo têm melhorado as previsões sobre o desempenho da economia brasileira em 2020. Apesar de os números estarem acima do esperado, quadro fiscal ainda inspira cuidados. O senador Confúcio Moura (MDB-RO) disse que é preciso continuar fazendo ajustes necessários na economia para facilitar a vida de empresas e trabalhadores. A reportagem é de Bruno Lourenço.

24/11/2020, 12h47 - ATUALIZADO EM 24/11/2020, 12h51
Duração de áudio: 02:23
Foto: Stockphotos/direitos reservados

Transcrição
LOC: INSTITUTOS, BANCOS E O GOVERNO TÊM MELHORADO AS PREVISÕES SOBRE O DESEMPENHO DA ECONOMIA BRASILEIRA EM 2020. LOC: APESAR DE OS NÚMEROS ESTAREM ACIMA DO ESPERADO, QUADRO FISCAL AINDA INSPIRA CUIDADOS. REPÓRTER BRUNO LOURENÇO. (Repórter) O Fundo Monetário Internacional apontou em junho que a economia brasileira recuaria 9,1% no ano. O Banco Mundial apostava em um tombo de 8%. A projeção da Instituição Fiscal Independente era de 6,5% de retração com o alerta de que o recrudescimento da pandemia poderia levar esse número para 10%. A queda na arrecadação e o aumento de gastos com as medidas de socorro a trabalhadores e empresas indicavam ainda que o déficit nas contas públicas só deveria ser zerado em dez anos. Mas o afrouxamento das medidas de isolamento social e a retomada da atividade econômica acabaram surpreendendo e o Brasil deve fechar o ano com uma queda em torno de 5% do PIB. O governo ainda reduziu a expectativa de rombo nas contas públicas de 861 bilhões para 844 bilhões de reais. Para a IFI, o déficit será ainda menor, 779 bi, como explicou o diretor-executivo da Instituição, Felipe Salto. (Felipe Salto) Melhorou porque nós revisamos algumas despesas por ano que vem com por exemplo a trajetória dos gastos previdenciários já incorporando e revisando a modelagem, as estimativas que vem daquela modelagem do próprio governo que a IFI replicou no ano passado em diversos estudos, e essa revisão mostra que o gasto Previdenciário tende a ficar estável ao longo dos próximos dez anos. (Repórter) O presidente da Comissão Mista que analisa as ações de combate à pandemia, senador Confúcio Moura, do MDB de Rondônia, comemora as novas projeções, mas alerta que o quadro fiscal ainda é grave. (Confúcio Moura) Então dá para comemorar, realmente é muito bom, mas não devemos cruzar os braços. Temos que continuar fazendo ajustes necessários na economia, conciliando modelos interessantes de reforma, facilitando a vida do emprego. (Repórter) O governo elencou 5 propostas que aguardam a votação no Congresso Nacional como fundamentais para a retomada da economia: a nova lei de Falências, autonomia do Banco Central, novo marco regulatório do gás, pacote de estímulos ao transporte por cabotagem e a PEC Emergencial. PL 4452/2020 (Falências) PEC 186/2019 (PEC Emergencial) PLP 19/2019 (Autonomia do Bacen) PL 6407/13 (Marco regulatório do gás) PL 4199/20 (Navegação de cabotagem)

Ao vivo
00:0000:00