CAE deve analisar empréstimo ao BNDES após 1º turno das eleições — Rádio Senado

CAE deve analisar empréstimo ao BNDES após 1º turno das eleições

LOC: LOGO APÓS O PRIMEIRO TURNO DAS ELEIÇÕES, A COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS VOLTA A REUNIR, EM REUNIÃO JÁ MARCADA PARA A PRÓXIMA TERÇA-FEIRA. 

LOC: ENTRE OS PROJETOS QUE DEVEM ENTRAR NA PAUTA, ESTÁ UM EMPRÉSTIMO PARA O BNDES FINANCIAR PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS. 

TÉC: A Comissão de Assuntos Econômicos volta a se reunir depois do primeiro turno das eleições para retomar as suas atividades. Entre os projetos que podem entrar na pauta, destaca-se um empréstimo no valor de um bilhão de dólares para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. O dinheiro vai ser usado para financiar projetos de ampliação, instalação e modernização das micro, pequenas e médias empresas. Os senadores da oposição já criticaram os critérios e o custo dos empréstimos do BNDES. Segundo Antônio Carlos Júnior, do Democratas da Bahia, metade dos empresários brasileiros se queixa da dificuldade de acesso ao banco estatal. Já o senador Álvaro Dias, do PSDB do Paraná, disse que nos últimos dois anos quase sessenta por cento dos recursos do banco beneficiaram os dez maiores grupos privados do País. O senador Eduardo Suplicy, do PT de São Paulo, afirmou que o BNDES é o maior investidor a longo prazo no Brasil. Segundo Suplicy, de 2010 a 2013, o banco vai investir 310 bilhões de reais em infraestrutura, como energia, telecomunicações e saneamento. Suplicy reconheceu que empréstimos beneficiam os grandes empreendimentos e grupos econômicos, mas explicou que essa concentração é menor que nos anos 90. Suplicy elogiou a disposição do BNDES de atender as pequenas e médias empresas e defendeu que o presidente da instituição, Luciano Coutinho, venha à Comissão de Assuntos Econômicos esclarecer as atividade do banco. TEC.: (Suplicy ¿ ) convidar o Presidente Luciano Coutinho, do BNDES, para justamente nos transmitir quais os critérios de concessão de empréstimos, como é que está a evolução, quais são os resultados, como é que está se empenhando o BNDES para democratizar as oportunidades de empréstimo, não apenas para as grandes empresas, as médias, as pequenas e as micro empresas, que passaram a receber também empréstimos. (Cardim) O empréstimo para o BNDES deve ser analisado pela Comissão de Assuntos Econômicos e depois pelo plenário do Senado.
29/09/2010, 01h24 - ATUALIZADO EM 29/09/2010, 01h24
Duração de áudio: 02:23
Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00