Izalci Lucas defende política contra o câncer e vetos à lei de segurança

Da Agência Senado | 22/11/2023, 20h46

O senador Izalci Lucas (PSDB - DF), em pronunciamento no Plenário nesta quarta-feira (22), ressaltou a urgência da aprovação do projeto (PL 2.952/2022), que cria a Política Nacional de Prevenção e Controle do Câncer no país, incluído na pauta de hoje. Izalci enfatizou a necessidade de agilizar diagnósticos precoces.

— Não dá tempo de ficar lutando aí de hospital em hospital para tentar conseguir uma quimioterapia, radioterapia — expressou o senador, evidenciando a urgência de ações concretas para agilizar tratamentos e exames relacionados ao câncer — enfatizou.

O senador também defendeu a manutenção de vetos à Lei de Segurança Nacional e Crimes contra o estado democrático de direito, que serão analisados na sessão do Congresso Nacional marcada para esta quinta-feira (23). Segundo ele, para proteger as instituições e a sociedade. O parlamentar enfatizou que a eventual rejeição pode comprometer a atuação da polícia.

— Veja o que acontece aqui no Veto 46.21.003. Essa é a Lei de Segurança Nacional, mas foi mantido o veto e a gente precisa manter [...] se derrubarem o veto, como a base de governo está propondo, nós simplesmente não teremos mais nenhum policial acionando qualquer coisa — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Pronunciamento Senador Izalci Lucas