Comissão da Crise Hidroenergética vai debater situação do setor elétrico

Da Agência Senado | 29/11/2021, 19h50 - ATUALIZADO EM 29/11/2021, 19h57

A Comissão Temporária Externa da Crise Hidroenergética vai promover uma audiência pública interativa nesta quarta-feira (1º), às 14h, para debater o cenário atual do setor elétrico. O debate foi solicitado pelo senador José Aníbal (PSDB-SP), relator da comissão.

Foram convidados para a audiência:

  • Thiago Vasconcellos Barral Ferreira, presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE);
  • André Pepitone, diretor-geral da Agencia Nacional de Energia Elétrica (Aneel);
  • Luiz Carlos Ciocchi, diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS);
  • Rui Guilherme Altieri Silva, presidente do Conselho de Administração da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

A audiência terá caráter interativo, com a possibilidade de participação popular. Dúvidas, críticas e sugestões poderão ser enviadas por meio do portal e-Cidadania.

Objetivos

Essa comissão foi criada pelo Senado no final de outubro para averiguar causas e efeitos da crise hidroenergética do país, acompanhar a atuação da Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (CREG) e propor soluções que garantam a segurança energética e a modicidade tarifária do Sistema Elétrico Brasileiro (SEB). A comissão é presidida pelo senador Jean Paul Prates (PT-RN). 

Como participar

O evento será interativo: os cidadãos podem enviar perguntas e comentários pelo telefone da Ouvidoria do Senado (0800 061 2211) ou pelo Portal e‑Cidadania, que podem ser lidos e respondidos pelos senadores e debatedores ao vivo. O Senado oferece uma declaração de participação, que pode ser usada como hora de atividade complementar em curso universitário, por exemplo. O Portal e‑Cidadania também recebe a opinião dos cidadãos sobre os projetos em tramitação no Senado, além de sugestões para novas leis.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)