Jean Paul destaca trabalho do Senado e pede extensão do auxílio de R$ 600

Da Rádio Senado | 26/05/2020, 16h29

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) ressaltou, em pronunciamento nesta terça-feira (26), o trabalho do Senado para minimizar os efeitos da pandemia. Entre os trabalhos citados pelo senador, está a atuação do DataSenado que, segundo ele, vem acompanhando com pesquisas e análises a opinião pública sobre Casa e o trabalho dos parlamentares.

Jean Paul afirmou que as pesquisas ajudam o Senado a entender melhor a população. A instituição, disse, já ouviu cerca de 1,2 mil pessoas sobre o coronavírus e seus efeitos no Brasil e apontou que o brasileiro está preocupado com os impactos causados na econômica. Segundo o DataSenado, nove em cada dez pessoas entrevistadas pedem que o auxílio emergencial de R$ 600 seja estendido até do fim do estado de calamidade pública.

—  Existem diversos projetos sendo debatidos no Senado que propõem essa prorrogação. Um deles é o proposto por mim, que prorroga o pagamento do auxílio emergencial até 31 de dezembro 2020 — disse.

Para o senador, a prorrogação do auxílio emergencial permitirá que empresas e famílias tenham estabilidade, com o comércio de produtos básicos. O senador pediu apoio para aprovar a extensão do auxilio

—  Tenho certeza de que o apoio manifestado pela população por meio dessa pesquisa do DataSenado deve sensibilizar os colegas senadores e senadoras a pautarem de imediato esse projeto de lei. Bolsonaro e sua equipe econômica não parecem perceber isso. Cabe então ao Congresso Nacional mostrar o melhor caminho — afirmou. 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
18h43 Assembleias corporativas: Senado aprovou o PLV 19/2020, oriundo da MP 931/2020, que prorroga o prazo para as empresas e cooperativas realizarem as assembleias gerais ordinárias de acionistas ou sócios exigidas pela legislação. O texto vai a sanção.
16h40 Empréstimos para Curitiba: Senado aprova autorização para contratação de operação de crédito externo, de 138 milhões de euros, entre Curitiba e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), para o "Projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo do Caximba.
16h37 Empréstimos para Curitiba: Senado aprova autorização para operação de crédito externo, de US$ 106,7 milhões, entre Curitiba e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para o Projeto Aumento da Capacidade e Velocidade da Linha Direta Inter 2.
Ver todas ›