Senado sedia seminários em comemoração ao Dia do Bibliotecário

Da Redação | 08/03/2019, 13h01

De segunda (11) a quarta-feira (13), o Senado recebe especialistas para debater questões relacionadas às bibliotecas e as mudanças previstas para o futuro. Os eventos, que ocorrerão no Auditório Antônio Carlos Magalhães (Interlegis), são gratuitos e abertos ao público. As ações fazem parte das comemorações do Dia do Bibliotecário, celebrado em 12 de março. A programação completa, com atividades que ocorrerão ao longo do mês de março, está disponível no hotsite do evento.

A coordenadora da Biblioteca Luiz Viana Filho, Mônica Rizzo, comenta a satisfação de sediar os três primeiros dias de atividades comemorativas, cuja programação encerra-se em 29 de março.

— Essa ampliação do debate é muito importante para nossa profissão. É uma grande honra sediar esses primeiros dias de evento — afirmou.

No primeiro seminário (que começa às 9h, na segunda-feira), serão debatidos assuntos ligados ao âmbito das bibliotecas e as mudanças com as quais os profissionais podem se deparar ao desempenhar um papel de liderança. Também serão discutidas ações e planos para uma colaboração na região da América Latina e Caribe.

Na ocasião, o jornalista e professor da Universidade de São Paulo (USP) Eugênio Bucci enfocará o tema sob o ponto de vista acadêmico. Já a diretora da Unesco no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, abordará o assunto sob o ponto de vista do programa Information For All, mantido pela instituição, enquanto a presidente da Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias, Seção América Latina e Caribe (Ifla-LAC), Glória Pérez-Salmeron, falará sobre o ponto de vista do Global Vision, iniciativa da Ifla para integração do setor bibliotecário no mundo. O evento contará também com a presença de palestrantes de países da América Latina e do Caribe.

O seminário é uma realização do Senado, da Câmara dos Deputados, da Ifla-LAC, do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e do Comitê Interinstitucional de Cooperação Informacional e Bibliotecária (Cicib).

Desafios

Já no segundo dia de atividades, também a partir das 9h, Senado e Câmara realizam o seminário “Bibliotecas: diálogos para mudança — papel das bibliotecas como promotoras de mudanças”. A proposta é debater os desafios que as bibliotecas e os bibliotecários brasileiros enfrentam na atualidade diante da crescente globalização.

O evento contará com a presença do presidente da Academia Brasileira de Letras, o escritor e professor universitário Marco Lucchesi, que abordará o tema sob a ótica do leitor. Haverá ainda a mesa-redonda “Bibliotecários: perspectivas para mudanças na profissão”, com a presença das bibliotecárias Marília Abreu Paiva (Universidade Federal de Minas Gerais), Célia Regina Simonetti (Universidade Federal do Amazonas) e Gilvanedja Mendes. Para encerrar o encontro, está prevista uma apresentação do Coral das duas Casas Legislativas e do Tribunal de Contas da União (TCU).

Bibliotecas públicas

No terceiro de dia de programação, a partir das 10h, será a vez de debater a biblioteconomia social em Mato Grosso, a partir da experiência da Secretaria de Cultura do estado, com uma apresentação da coordenadora do Sistema Estadual das Bibliotecas Públicas, Waldinéia Ribeiro de Almeida.

No início da tarde, às 14h, Alessandra Rodrigues da Silva traz ao público uma avaliação e apresentação do acervo da Biblioteca da Embrapa, mostrando questões como o mapeamento e os critérios orientadores.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Institucional Interlegis Senado

Senado Agora
16h17 Danos ambientais: Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou o Projeto de Lei (PL) 1.396/2019, pelo qual será obrigatória a reparação por danos ambientais que envolvam operações de forças policiais e corpo de bombeiros. A matéria segue para a CCJ
16h16 Produtos de origem animal: A Comissão de Meio Ambiente (CMA ) aprovou o Projeto de Lei 2.104/2019, que estende subvenção econômica para produtos extrativos de origem animal. A matéria segue para a CRA e a CAE.
16h15 Semiárido: A Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou o Projeto de Lei da Câmara 78/2019, que modifica a área definida como Semiárido. A matéria segue para a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).
Ver todas ›