Flávio Arns propõe extinção do auxílio-mudança para senadores e deputados

Carlos Penna Brescianini | 11/02/2019, 11h03 - ATUALIZADO EM 11/02/2019, 12h48

A extinção da ajuda de custo para os parlamentares fazerem suas mudanças para o Distrito Federal ou de retorno ao seu estado natal foi sugerida pelo senador Flávio Arns (Rede-PR). O senador apresentou um Projeto de Decreto Legislativo (PDL 17/2019) propondo a extinção desta verba, concedida no início e no final de cada mandato parlamentar.

O senador afirma que é o momento dos deputados e senadores caminharem em direção ao barateamento da máquina pública. Flávio Arns argumenta que seria uma medida de racionalização de gastos, inclusive.

— Se tomarmos como base um subsídio mensal de R$ 33 mil, com 54 senadores e 513 deputados federais eleitos em 2018, sem incluir os suplentes, haverá um gasto de R$ 38,2 milhões somente para as mudanças — afirmou o parlamentar.

A proposta foi lida em Plenário nesta quinta-feira (7) e encaminhada à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) para lá ser analisada. O texto agora aguarda a  designação de uma relator.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)