José Medeiros elogia ação da polícia contra o tráfico

Da Redação | 26/06/2018, 21h12 - ATUALIZADO EM 27/06/2018, 12h38

O senador José Medeiros (Pode-MT), em pronunciamento nesta terça-feira (26), enalteceu o trabalho das polícias federais e estaduais no combate ao tráfico de armas e drogas. Segundo ele, as forças policiais deixaram de lado o "lenga-lenga" em torno do enfrentamento aos traficantes e, apesar dos recursos escassos, aumentaram as apreensões de cargas ilegais nas fronteiras. Ao cumprimentar o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, Medeiros salientou que é mais fácil combater o tráfico no atacado das fronteiras do que no varejo dos grandes centros urbanos.

— O que a população espera é rumo, caminho. A política é feita para apontar rumo, e a população quer saber para onde o Brasil caminha em relação à segurança pública, e começa a enxergar um horizonte — declarou.

O senador  criticou duramente a “massa pensante” do Ibama que, segundo ele, não tem mostrado a sensibilidade necessária diante de questões como o licenciamento ambiental de obras rodoviárias e a produção agropecuária em terras indígenas. José Medeiros atacou principalmente o embargo à colheita na reserva dos índios Parecis, em seu estado. Em sua avaliação, hoje a comunidade indígena vive com dignidade, mas as restrições à atividade econômica na reserva pode fazer com que os Parecis voltem à “mendicância”.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)