Constituição está entre os 10 livros digitais mais baixados do 'iBooks'

Da Redação | 13/03/2018, 17h58 - ATUALIZADO EM 15/03/2018, 10h08

Selo_30 anos _da _Constituição_

A Constituição brasileira, publicada pelo Senado, é um dos livros que compõem a lista do Top 10 Grátis do iBooks, leitor digital oficial da Apple. No início desta terça-feira (13) a Constituição figurava como o quinto livro gratuito mais baixado pelo aplicativo.

Promulgada em 5 de outubro de 1988, a Constituição possui 251 artigos e o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), com as 6 emendas resultantes da revisão de 1994, além das 99 emendas aprovadas entre 1992 e 2017.

Outra publicação editada pelo Senado, o Código Penal, ocupava a nona posição do ranking do aplicativo na sexta-feira.

Aperfeiçoamento

Thomas Gonçalves, chefe do Serviço de Multimídia da Secretaria de Editoração e Publicações atribui as boas colocações ao trabalho constante para melhoria das publicações e ao esforço da equipe para aumentar a divulgação dos materiais.

— Havia um desconhecimento grande desse serviço [de oferta de livros digitais]. No aplicativo da Apple, por exemplo, colocamos os livros há seis meses e já conseguimos um ótimo resultado. Além disso, no último ano intensificamos a participação nas feiras de livros e temos buscado parcerias externas — afirma.

Oferta direta

Na Livraria do Senado, a procura pelas duas obras também tem sido cada vez mais expressiva: de janeiro a dezembro do ano passado, a Constituição teve 1.158 downloads e o Código Penal foi baixado 3.287 vezes. No mesmo período, o site da Livraria teve 3,1 milhões de acessos.

Atualmente, 190 títulos que reproduzem textos legais estão disponíveis para serem baixados gratuitamente na página do Senado. As obras também podem ser baixadas no Google Books, Amazon Kindle, Kobo, Livraria Cultura e Saraiva.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)