Fernando Bezerra Coelho pede igualdade salarial entre homens e mulheres

Da Redação | 08/03/2018, 13h12 - ATUALIZADO EM 08/03/2018, 14h00

O senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB-PE), em discurso nesta quinta-feira (8), celebrou o Dia Internacional da Mulher fazendo uma reflexão sobre a necessidade de igualdade. Ainda hoje, observou, as diferenças entre homens e mulheres são enormes, evidenciadas principalmente nas distorções salariais, já que as remunerações femininas chegam a ser 50% menores, ainda que elas exerçam as mesmas funções.

Ele lembrou ter apresentado projeto que penaliza a distorção salarial de gênero (PLS 88/2015). A proposta foi bandeira de campanha do senador e impõe multa pela infração ao dispositivo da Consolidação das Leis Trabalhistas que proíbe considerar o sexo, a idade, a cor ou situação familiar como variável determinante para fins de remuneração, formação profissional e oportunidades de ascensão profissional.

- A luta não pode ser só das mulheres, mas de todos nós que defendemos a construção de uma sociedade mais equilibrada, justa e fraterna – disse.

Bezerra Coelho também fez uma homenagem a Cristina Tavares, jornalista e política pernambucana histórica, tendo sido uma voz ativa contra a ditadura militar. Eleita deputada federal, foi a primeira mulher a ocupar a liderança de uma bancada no Congresso.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)