Projeto torna obrigatório circuito interno de TV em agências bancárias

Da Redação | 13/11/2017, 18h24 - ATUALIZADO EM 13/11/2017, 18h41

Os bancos podem ser obrigados a ter circuito interno de TV. É o que prevê o PLS 231/2017, que está pronto para ser incluído na pauta da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). Atualmente, esse tipo de equipamento é opcional.

A intenção do autor, senador Humberto Costa (PT-PE), é coibir os assaltos a agências bancárias. Ele ressalta o fato de que esses eventos são cada vez mais recorrentes, especialmente em cidades do interior.  A presença do circuito interno de TV, na visão do senador, pode aumentar a segurança dos funcionários e usuários.

O projeto estabelece que os sistemas observem as recomendações técnicas do Departamento de Polícia Federal (DPF) e armazenem as imagens por, pelo menos, 30 dias.

O relator, senador Otto Alencar (PSD-BA), lembra que  o avanço tecnológico e o barateamento da eletrônica fizeram com que esses sistemas deixassem de ser artigo de luxo e passassem a ser um item essencial em qualquer sistema de segurança que pretenda identificar criminosos. O voto do relator é pela aprovação do projeto, com mudanças apenas de redação.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
19h26 Créditos orçamentários: Congresso aprova Projeto de Lei do Congresso 13/2017, que facilita o pagamento de emendas parlamentares e impede o contigenciamento do fundo partidário.
19h04 Congresso Nacional: Começou há pouco a sessão do Congresso Nacional para apreciar vetos presidenciais e projetos de lei.
18h36 Royalties da mineração: Vai à sanção o PLV 37/2017, decorrente da MP 789/2017, que aumenta alíquotas da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem), royalty pago pelas mineradoras a estados e municípios.
Ver todas ›