Senadores celebram retomada de obras de transposição do São Francisco

Da Redação | 20/06/2017, 18h35 - ATUALIZADO EM 22/06/2017, 08h58

O senador José Agripino (DEM-RN) comemorou, nesta terça-feira (20), a assinatura da ordem de serviço para retomada das obras do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco. A assinatura foi feita pelo ministro da integração nacional, Helder Barbalho, durante encontro com o presidente do Senado, Eunício Oliveira e com Rodrigo Maia, que assumiu de forma interina a Presidência da República com a viagem do presidente Michel Temer à Rússia. O encontro ocorreu na tarde desta terça-feira (20) no gabinete de Eunício.

- É importante o registro desse fato no momento em que o Brasil atravessa grandes dificuldades. O Nordeste passa por sede. Um ato como esse não poderia jamais passar desapercebido – afirmou Agripino.

Agripino explicou que as obras no trecho estavam paradas por causa de disputas judiciais e irregularidades da empresa contratada. O senador ainda ressaltou que os estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte serão beneficiados pelas águas do Eixo Norte.

- Eu, como potiguar, aplaudo o gesto e a iniciativa do ato que acabou de acontecer no seu gabinete, porque a perenização do Rio Açu, com a garantia do nível de água da barragem de Açu, está garantida pelo ato – elogiou.

O senador Eunício Oliveira disse que a obra é uma das mais importantes para o Nordeste e agradeceu a ministra Carmem Lúcia que, “analisando todo o processo licitatório, teve a sensibilidade de permitir o reinício dessa importante obra para o Ceará, para a Paraíba, para o Rio Grande do Norte e para Pernambuco”.

- Água, vida para o povo cearense e para o povo nordestino. São R$ 516,7 milhões de uma obra sonhada há 150 anos - destacou Eunício.

O senador José Pimentel (PT –CE) ressaltou que, no Nordeste Setentrional, as águas irão beneficiar algo em torno de 12 milhões de pessoas e parabenizou Eunício pelo o empenho no entendimento político para superar a dificuldade que era a retomada dos trabalhos do Eixo Norte.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)