Blairo Maggi elogia aprovação, pela Câmara, de permissão para fosfoetanolamina

Da Redação e Da Rádio Senado | 09/03/2016, 15h33 - ATUALIZADO EM 10/03/2016, 17h22

O senador Blairo Maggi (PR-MT) comemorou nesta terça-feira (9) a aprovação, pela Câmara dos Deputados, de projeto que autoriza o uso da fosfoetanolamina no tratamento de pacientes com câncer.

O senador lembrou que o uso desse medicamento não interfere no direito de acesso a outros tratamentos. E acrescentou que a fosfoetanolamina representa a esperança para muitos pacientes, pois ela pode ser a cura para vários tipos de câncer.

Por isso, ele disse esperar que o projeto, quando chegar no Senado, seja aprovado com urgência. Pois, para Blairo Maggi, sem essa lei, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não pode conceder o registro da fosfoetanolamina sem a conclusão da pesquisa clínica, que ainda está em andamento.

— No caso, a Anvisa estará obrigada a autorizar a 'fosfo' sintética, que é definida como de relevância pública, de forma que a sua produção, distribuição e uso poderão ocorrer mesmo sem registro sanitário. Essa matéria deve vir da Câmara para o Senado no decorrer desta semana. E nós precisamos buscar a urgência para aprovação nas comissões e aqui no Plenário. Esse é o dever que nós temos que fazer — declarou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)