Dilma Rousseff se reúne com sua base parlamentar na manhã desta terça

Da Redação | 14/02/2012, 08h54

O líder do governo no Senado, senador Romero Jucá (PMDB-RR) e outros representantes da base do governo no Congresso participam nesta manhã da reunião do Conselho Político com a presidente Dilma Rousseff. Durante o encontro no Palácio do Planalto, deverá ser definida a estratégia para as votações dos projetos de interesse do governo neste semestre, como a proposta que cria o Fundo de Previdência dos Servidores Públicos (Funpresp) e a Lei Geral da Copa de 2014. Ambos ainda aguardam votação na Câmara dos Deputados e só então serão encaminhados ao Senado.

A proposta que define normas e regras para a Copa de 2014 poderá ser votada nesta terça-feira (14) pela comissão especial que a analisa. Relatado pelo deputado Vicente Cândido (PT-SP), o projeto tem pontos controversos, como a venda de bebidas alcoólicas nos estádios; a venda de 300 mil ingressos por R$ 50, para idosos e outros grupos sociais, em substituição à meia-entrada determinada pelo Estatuto do Idoso; e a ampliação dos limites da responsabilidade civil do governo federal durante a realização do evento.

À tarde, os líderes dos diversos partidos no Senado se reunirão com o presidente José Sarney para definir uma agenda de prioridades para a Casa nos próximos meses. Além dos projetos que ainda aguardam votação na Câmara, os senadores devem definir uma agenda para votação de temas considerados importantes pelas lideranças como o projeto de resolução do Senado 72/2010, que estabelece alíquotas de impostos nas operações interestaduais; a proposta de emenda à Constituição (PEC 20/99), que trata da redução da maioridade penal, além de projetos de reforma política como a PEC 38/2011, que fixa em 15 de janeiro a data de posse do presidente da República e em 10 de janeiro a posse de governadores e prefeitos; e a PEC 42/2011, que prevê a realização de referendo sobre mudança no sistema eleitoral. 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE: