Magno Malta critica enquete sobre PLC 122/06 no site do Senado

Da Redação | 02/12/2009, 21h27

O senador Magno Malta (PR-ES) criticou em Plenário nesta quarta-feira (2) a enquete que ficou no ar no site da Agência Senado durante o mês de novembro, sobre o projeto de lei da Câmara 122/06, que criminaliza a homofobia. O senador questionou se houve violação da pesquisa durante o fim de semana e reclamou da forma como a consulta foi feita.

De acordo com Magno Malta, a enquete teria saído do ar durante o último fim de semana, sendo novamente disponibilizada com números diferentes. Ele também questionou a anulação dos votos dados durante a primeira semana de novembro, por suspeita de fraude.

O parlamentar também criticou a pergunta usada na enquete: "Você é a favor do PLC 122/06, que torna crime o preconceito contra homossexuais?". De acordo com Magno Malta, a pergunta induzia o voto à opção "Sim", já que, em sua opinião, ninguém seria a favor da discriminação.

O resultado da enquete foi divulgado nesta terça-feira. Do total de 465.326 votantes, 51,54% se declararam contrários à aprovação do PLC 122/2006 e 48,46%, a favor. As enquetes da Agência Senado são feitas em parceria com a Secretaria de Pesquisa e Opinião Pública (Sepop) do Senado.

O PLC 122/06, que foi recentemente aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e atualmente está em debate na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), estabelece penas para quem discriminar ou induzir à discriminação de homossexuais, restringir seu acesso a bares e restaurantes ou impedi-los de expressar sua afetividade em lugares públicos ou privados abertos ao público. Em seu relatório, a senadora Fátima Cleide (PT-RO) modificou o projeto para incluir pessoas com deficiência e idosos entre as protegidas contra discriminação.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE: