Decreto permite destinação de R$ 1,68 bi para consórcio internacional de vacina

20/01/2021, 13h56

Em 2021, o Brasil vai investir R$ 1,68 bilhão no projeto Covax Facility, aliança internacional para garantir o acesso a vacinas contra o coronavírus, conforme decreto editado pelo presidente Jair Bolsonaro na sexta-feira (15). Esse valor é a diferença dos R$ 2,5 bilhões liberados em setembro por medida provisória (MP 1.004/2020) e não gastos integralmente pelo Ministério da Saúde em 2020. Essa medida aguarda votação na Câmara dos Deputados. Outra (MP 1.003/2020), que autoriza o Brasil a aderir formalmente ao Covax Facility, já foi aprovada na Câmara e deverá ser votada pelo Senado em fevereiro. Reportagem, Iara Farias Borges, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
16h04 Emendas ao Orçamento: A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou relatório com emendas ao Projeto da Lei Orçamentária Anual de 2021 (PLN 28/2020) do colegiado. O PLOA estima a receita e fixa a despesa da União para o exercício de 2021.
15h40 Infraestrutura: A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) aprovou requerimentos para realizar audiências públicas com os ministros de Ciência e Tecnologia; de Infraestrutura; de Desenvolvimento Regional; e de Minas e Energia.
15h30 Emendas ao Orçamento: A Comissão de Infraestrutura aprovou relatório com emendas ao Projeto da Lei Orçamentária Anual de 2021 (PLN 28/2020) do colegiado. O PLOA estima a receita e fixa a despesa da União para o exercício de 2021.
Ver todas ›