Sistema de votação remota do Senado começa a ser usado em Santa Catarina

25/03/2020, 14h46

O Senado Federal foi pioneiro em instituir um sistema para votação remota nas deliberações legislativas, em face da necessidade de isolamento e quarentena devido ao coronavírus. O sistema já teve reconhecimento internacional. Segundo Márcio Coimbra, diretor-executivo do Interlegis/ILB, mais de cem câmaras e assembleias legislativas do Brasil , além de parlamentos de outros países, já entraram em contato buscando know-how para adotarem o sistema. A Câmara de Vereadores de São José, em Santa Catarina, começa a usar o sistema. Márcio Coimbra conversou sobre o assunto com o jornalista Jeziel Carvalho, da Rádio Senado. Ouça a entrevista.



Opções: Download


Senado Agora
18h38 Doação de alimentos: O Plenário aprovou com emendas o substitutivo da Câmara ao PL 1.194/2020, que incentiva empresas a doar alimentos e refeições excedentes para pessoas, famílias ou grupos em situação de vulnerabilidade. A matéria vai a sanção.
14h58 Fake news: O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou que, por acordo, foi retirado de pauta o PL 2.630/2020, sobre fake news. Senadores querem mais tempo para discutir a proposta. Ainda não há nova data para votação.
Ver todas ›