Especialistas defendem checagem como ferramenta contra desinformação

07/11/2019, 12h04

CPI das Fake News ouviu representantes da Associação das Empresas de Tecnologia e Informação, das agências de checagem Boatos.org, e-farsas.com e do Projeto Comprova, que defenderam a importância do papel da checagem de fatos para combater a desinformação promovida pelas fake news. Para eles, as pessoas poderiam buscar a veracidade das mensagens por conta própria, especialmente antes de compartilhar os conteúdos. Segundo o senador Humberto Costa (PT–PE), a própria CPI está sendo vítima constante de fake news. O presidente da CPI, senador Angelo Coronel (PSD-BA), anunciou que um policial federal dará apoio às investigações e que a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) será ouvida na comissão no dia 12 de novembro. As informações são da repórter Lara Kinue, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
12h55 Crianças e fumo: A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou o Projeto de Lei da Câmara 104/2018 que proíbe a venda de acessórios para fumo a crianças e adolescentes. Matéria vai a Plenário.
12h04 Redução de IR para taxista: A Comissão de Assuntos Sociais aprovou projeto que concede benefício tributário temporário aos taxistas. A proposta diminui o Imposto de Renda de taxistas por cinco anos (PLS 462/2017). A matéria vai à CAE em decisão terminativa.
11h53 Dedução de remédios no IR : A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou um projeto que permite a dedução, no Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), de despesas com medicamentos controlados. O PLS 12/2011 vai à Comissão de Assuntos Econômicos.
Ver todas ›