PEC paralela reabre prazo para servidor migrar de regime previdenciário

09/09/2019, 16h12

Selo_ReformaPrevidencia2.jpgA PEC paralela (PEC 133/2019), se aprovada, reabrirá por mais seis meses o prazo para que servidores públicos deixem o regime próprio de Previdência e migrem para o INSS e um sistema complementar. Quem fizer a opção ganhará um adicional que leva em conta o tempo no serviço público, o Benefício Especial. Para o senador Paulo Paim (PT–RS), um sistema de capitalização deve seguir o modelo do Funpresp, com a contribuição de empregados e empregadores. A reportagem é de Bruno Lourenço, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais informações.



Opções: Download