Liminar do STF revoga efeitos da MP 849 e obriga reajuste de servidores a partir de janeiro de 2019

20/12/2018, 13h42

O governo federal não vai poder adiar para 2020 o reajuste dos servidores públicos, como previsto em medida provisória (MPV 849/2018). É que os efeitos da MP foram suspensos  nesta quarta-feira (19), por decisão liminar do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal. A Comissão Mista do Congresso Nacional que deveria examinar a medida provisória, que foi editada em 31 de agosto pelo presidente Michel Temer, sequer começou a trabalhar. Mais informações na reportagem de Maurício de Santi, da Rádio Senado.



Opções: Download